Obras e Tecnologia

Reforma de casas: 10 Dicas para você não falhar em sua obra

Ter sucesso com a reforma de casas não é tão simples como muitos esperam. Uma boa reforma vai exigir do proprietário e construtor conhecimento técnico apropriado para estes serviço e muito bom senso.

No Brasil são utilizados inúmeros processos construtivos e, muitas vezes, começar uma reforma pode ser um baú de surpresas.

É claro que existem diversos tipos de reformas. Você pode querer apenas uma reforma simples, como uma nova pintura e novos pisos para sua casa. Ou você pode estar interessado em uma reforma mais complexa, que envolverá demolição de paredes, ampliações e até a construção de um novo pavimento.

Além do cuidado com a parte técnica e construtivo o custo de reforma de casas deve ser bem avaliado. Tome cuidado para sua reforma não se tornar uma grande dívida para se paga no futuro.

10 Dicas para não falhar na reforma de casas

1 – Planeje a obra:

10 dicas de reforma de casasA primeira dica para ter sucesso com a reforma de casas é planejar a obra. Para um bom planejamento é importante ter certeza do que você pretende fazer, do que deseja trocar, demolir e construir.

Para evitar o aumento do custo de sua obra não deixe para o dia a dia da construção tomadas de decisões importantes, como demolição de paredes, troca de pontos hidráulicos ou ampliações. Um bom planejamento evitará muita dor de cabeça e ainda fará com que sua obra seja mais rápida e econômica.

Caso você não tenha experiência com este tipo de planejamento consulte um profissional. Um bom profissional poderá te auxiliar a identificar pontos críticos e fazer escolhas mais eficazes em relação ao que pode ser feito em sua reforma.

2 – Não deixe de fazer um projeto:

Falando em auxílio de um profissional, nada melhor do que fazer um bom projeto de reforma para sua obra.

Caso sua reforma seja mais simples, um projeto arquitetônico de reforma é suficiente. Agora se sua reforma envolver grandes alterações na estrutura da casa, aumento da demanda de energia elétrica, e qualquer outro detalhe específico é importante fazer projetos complementares.

A vantagem de ter um projeto em mãos é a possibilidade de avaliar os custos da sua reforma. Juntamente com os projetos você poderá solicitar ao profissional contratado uma estimativa de custo de sua obra.

Com uma boa estimativa de custos em mãos você poderá ter mais confiança no que fazer em sua reforma, até onde você pode ir sem comprometer seu orçamento.

3 – Limite os gastos:

Colocar limite nos gastos em uma reforma é essencial. Quando as reformas são mal conduzidas ou não tem nenhum tipo de controle com os custos, elas têm potencial de alcançar valores similares a uma nova construção.

É importante que você tenha consciência da sua disponibilidade financeira e que dinheiro não dá em árvore.

Tome cuidado ao focar demais na aparência da construção e descuidar no essencial. Isso é muito comum, as pessoas tentam gastar o mínimo possível com a estrutura, instalações elétricas, hidráulicas e impermeabilização, mas não tem limites ao comprar o revestimento mais caro ou um lustre para pendurar na sala.

Tudo é importante, já pensou sua sala com um lindo lustre, mas com o teto embolorado, pois a impermeabilização foi mal feita?

4 – Contrate mão de obra qualificada e de confiança:

A mão de obra é um fator essencial para ter uma reforma bem-sucedida.

Contar com uma equipe de confiança e qualificada é importante para ter tranquilidade de que a obra está sendo bem executada e conforme os projetos.

Ter uma equipe de confiança é ainda mais essencial para pessoas que não tem nenhuma experiência com obras. Caso você contrate profissionais que costumam agir com má fé, você pagará um preço caro com serviços mal feitos, desperdício de materiais e atrasos em sua obra.

Para não ter este tipo de problema você pode contar com empresas especializadas em construção ou contratar um profissional para fiscalizar sua obra.

Uma dica importante é conhecer obras anteriores da equipe que você deseja contratar. Nada melhor do que conversar com clientes anteriores para saber da satisfação e possíveis atritos que surgiram durante as obras antigas.

5 – Compre material de boa qualidade:

Outro ponto importante para reforma de casas é comprar materiais de construção de boa qualidade.

Evite fazer pequenas economias em materiais que serão essenciais para sua obra. Você poderá pagar caro no futuro em manutenções por escolher materiais de construção de baixa qualidade.

Outro ponto importante também é comprar materiais na quantidade correta, assim você evita desperdícios e dor de cabeça com a falta de material na sua obra.

Com um bom projeto em mãos é possível levantar com certa precisão todos os materiais que você vai utilizar durante toda a sua obra. Isso além de auxiliar com os custos, poderá te auxiliar a comprar a quantidade correta de materiais.

6 – Esteja pronto para imprevistos:

Como falado anteriormente uma reforma pode ser um baú de surpresas.

Então, mesmo com a elaboração de projetos e com um bom planejamento a possibilidade surgir algum tipo de imprevisto é muito grande. Sendo assim, esteja preparado para ele psicologicamente e financeiramente.

Isso é muito comum em obras de reforma. Caso você não faça nenhum projeto ou planejamento a possibilidade de surgir imprevistos cresce ainda mais.

Quando os imprevistos surgirem fique tranquilo, casa você tenha contratado uma equipe bem qualificada rapidamente eles resolverão o problema e tentarão fazer isso com o menor custo possível para você.

Agora, se você contratou uma equipe que queira agir com má fé, eles utilizarão o imprevisto como desculpa para atrasos futuros ou aditivos absurdos no contrato. Por isso, fique de olhos abertos.

7 – Não faça nada que você possa se arrepender no futuro:

Assim como em todos os ramos, existe muita coisa na construção civil que é moda e é passageiro.

Por isso, quando o assunto for acabamento, louças dos banheiros, armários, luminárias, pintura ou qualquer outro detalhe que você será obrigado a conviver diariamente, não tenha dúvida em fazer conforme o seu gosto.

Não se deixe influenciar pelo produto do momento que o vendedor possa querer te empurrar, compre somente se estiver dentro do que você gosta e sonha para sua nova casa.

É importante você tomar este cuidado para não se arrepender no futuro. Muitas pessoas se arrependem da pintura que fizeram pois era a cor do momento, e passam a conviver com aquela cor durante todos os dias do ano.

8 – Visite outras casas:

Nada melhor para tirar boas ideias para reforma de casas do que visitas boas casas prontas e sendo utilizadas.

Não tenha vergonha em pedir aos seus amigos, conhecidos, vizinhos, parentes, que tenham casas que você considera bonitas para conhece-las um pouco melhor.

A maioria das pessoas não se incomodam com isso, muitas se sentem até lisonjeadas em saber que você gosta tanto assim da casa delas.

Aproveite para conversar com os proprietários sobre as características dos acabamentos, se são fáceis de ser limpos, escorregadios, ou qualquer outro detalhe importante.

Pergunte também se eles ficaram satisfeitos com a qualidade final do acabamento ou se mudariam algo, assim você evitará cometer erros que seus amigos e conhecidos já cometeram.

9 – Aproveite as ideias da internet e revistas especializadas:

Sempre é bom ter um local de inspiração para escolher melhor os detalhes finais da reforma.

A Internet é um local onde você poderá encontrar muita inspiração. São inúmeros blogs e portais especializados em decoração, acabamentos e detalhes para sua casa.

Além da Internet você pode contar com as revistas especializadas, elas são uma excelente alternativa para escolher acabamentos e elementos de decoração com bom gosto.

O melhor a fazer é não ter preguiça e vasculhar bem a Internet e as revistas em busca de boas ideias que sejam condizentes com sua realidade.

10 – Não se esqueça da parte jurídica:

Toda obra precisa ter um registro junto a entidade de classe e de fiscalização do município, o CREA.

Por isso, conforme o tipo de reforma você deverá estar atento aos detalhes jurídicos. Será necessário pagar algumas taxas e contratar um responsável técnico pela sua obra.

Reformas mais simples não exigem este tipo de preocupação.

Finalizando

Estas 10 dicas podem contribuir muito com o sucesso de reforma de casas. Não deixe nada de lado, cuide de todos estes detalhes e você vai perceber que é possível ter uma obra tranquila e com um custo adequado ao planejado.

Mais uma vez que ressaltar a importância de contar com uma equipe qualificada e bem preparada para a condução de uma obra de reforma. Contrate profissionais adequados, faça bons contratos e certifique-se de que os serviços estão sendo executados conforme contratado.

Caso queira contribuir com o conteúdo ou tirar alguma dúvida é só deixar nos comentários.

Compartilhe este artigo com seus amigos, você pode ajudar outras pessoas, é só clicar na rede social de sua preferência.

Boa sorte em sua reforma.

Esse artigo foi útil para você?

Clique nas estrelas abaixo para avaliar!

Avaliação Média / 5. Total de votos:

Como você gostou deste artigo...

Siga-nos nas Redes Sociais!

mm

Eduardo Daldegan é formado em Engenharia Civil pela PUC-MG. É apaixonado por empreendedorismo e hoje trabalha em diversos projetos. É casado e seu maior empreendimento é a construção da sua família.

Você está sem conexão à internet