Dicas e Inovação

Portão Automático: 7 Dicas para não ter problemas com seu portão

Confira estas dicas antes de comprar o portão automático para sua obra, evite problemas futuros e até prejuízo. Atualmente, ter um equipamento como este nas novas construções é quase que obrigatório, ninguém mais abre mão dos benefícios de um portão que abre automaticamente.

Vamos direto às dicas.

7 Dicas para não ter problemas

1 – Escolha o tipo de portão:

O primeiro passo é estudar qual o melhor tipo de portão para sua obra. Basicamente, existem três tipos mais utilizados de portão eletrônico: o basculante, o pivotante e o deslizante.

O portão basculante é aquele que quando é aberto desliza verticalmente. Já o portão deslizante é aquele que quando é aberto se movimenta horizontalmente. O portão pivotante é aquele que abre como uma porta ou janela. É fácil perceber no dia a dia a diferença dos dois.

Para escolher o portão ideal, você deve avaliar o espaço e o projeto arquitetônico de sua obra. Em muitos casos não há espaço para um portão deslizante, então é imprescindível o portão basculante.

Um problema do portão basculante é que quando ele abre acaba invadindo a calçada, em locais muito movimentados pode até acontecer alguns acidentes com pedestres.

2 – Contrate uma serralheria de confiança:

dicas para comprar portão automáticoO próximo passo é encontrar uma serralheria de confiança. Sempre busque referências dos serviços anteriores da serralheria que você vai contratar. Uma dica importante é visitar obras com portões já executados pelas empresas que você está pesquisando.

Evite comprar um portão automático de uma serralheria que não tenha experiência neste tipo de serviço, o mal posicionamento das roldanas ou falta de alinhamento dos pontos de giros poderão te trazer problemas no futuro.

Outra dica importante é evitar comprar o portão sem o motor. Neste caso, o que acontece com frequência é o portão estar desbalanceado o que causa pequenos travamentos na hora de abrir ou fechar o seu portão.

Então, na hora de comprar escolha um fornecedor de confiança, verifique o seu trabalho e converse com antigos clientes.

3 – Esteja atento à segurança:

Não confie somente na trava automática do seu portão eletrônico. Caso você faça uma viagem ou vai deixar o seu portão algum tempo sem utilizar é bom se prevenir com um cadeado.

O portão pivotante é o menos seguro, conforme o portão que você compre é possível uma pessoa abrir este tipo de portão empurrando.

Por isso, não se iluda com a falsa segurança da trava automática, fique atento e não deixe de utilizar o cadeado.

Outro detalhe importante é dar preferência a portões com abertura e fechamento rápidos, esta característica é essencial nos dias de hoje.

4 – Tome cuidado com portões sociais embutidos:

É comum utilizar um portão social embutido no portão automático. A princípio não existe problema algum. O problema surge quando alguém esquece o portão social aberto e outra pessoa vai abrir o portão da garagem.

Caso isso ocorra você verá todo o seu produto indo por água abaixo. O seu portão irá quebrar, você terá problemas com o motor e um prejuízo financeiro.

Existe uma forma de calibrar seu portão para que não abra enquanto o portão social estiver aberto, para isto é importante que você contrate um profissional experiente para que faça a conexão correta entre os dois portões.

5 – Faça manutenção preventiva:

O segredo para uma vida útil longa de seu portão é uma boa manutenção preventiva. Em especial, se você comprar um portão basculante fique atento com a manutenção, este tipo de portão pode ter sérios problemas quando não passa por uma boa manutenção preventiva.

Conte sempre com um profissional de confiança para estar vistoriando seu portão com frequência.

6 – Verifique o número de rodinhas e roldanas:

Não queira inventar, para portões deslizantes o ideal são duas rodinhas. Muitos serralheiros colocam três rodinhas com a desculpa de o portão irá deslizar com mais facilidade, mas isso traz mais problemas que benefícios.

Outro detalhe a ser observado é a roldana do motor de seu portão, quanto menor a roldana maior será o seu desgaste. Por isso, para evitar uma manutenção frequente desta roldana dê preferência para motores com roldanas maiores.

7 – Não coloque o preço em primeiro lugar:

Quando for negociar o seu portão automático não coloque o preço em primeiro lugar. Compare todos os benefícios que você pode conseguir com um portão de qualidade.

Lembre-se que o barato pode sair muito caro.

Portão Automático – Considerações Finais

Prontinho, agora você tem condições de comprar o seu portão com segurança. Aproveite os benefícios que este tipo de portão pode trazer para sua residência, escolha bem o seu portão para evitar os vários problemas do futuro que podem surgir.

Ainda ficou com alguma dúvida ou quer colaborar com o conteúdo, deixe um comentário. Compartilhe com seus amigos este conteúdo, você pode ajudar alguém que está precisando.

Forte abraço.

Esse artigo foi útil para você?

Clique nas estrelas abaixo para avaliar!

Avaliação Média / 5. Total de votos:

Como você gostou deste artigo...

Siga-nos nas Redes Sociais!

mm

Eduardo Daldegan é formado em Engenharia Civil pela PUC-MG. É apaixonado por empreendedorismo e hoje trabalha em diversos projetos. É casado e seu maior empreendimento é a construção da sua família.

Você está sem conexão à internet