Dicas e Inovação

Instalação de Ar Condicionado: 10 dicas importantes

O ar condicionado é um item cada vez mais comum nas residências brasileiras. Antes era considerado um equipamento caro e de extremo luxo. Mas, agora o seu preço tem se popularizado devido o desenvolvimento de novas tecnologias. Confira neste artigo 10 dicas de instalação de ar condicionado.

Além de um bom equipamento, uma boa instalação é importantíssima para o bom funcionamento de todo o sistema. Os equipamentos de ar condicionado podem regular a temperatura, umidade e ventilação do ambiente.

Antes de continuar, é interessante esclarecer o que é e como é o funcionamento dos equipamentos split. Os equipamentos de ar condicionado split são os mais populares, tem boa tecnologia e o preço é acessível. São compostos de duas partes:

  • Evaporadora: que fica interna à casa e é responsável pela distribuição do ar tratado no ambiente;
  • Condensadora: que fica externa à casa, é por este equipamento que o ar do ambiente é renovado.

10 Dicas importantes

1 – Definição da capacidade do ar condicionado:

O primeiro passo é garantir que seu ar condicionado é adequado para o ambiente onde será instalado. A capacidade é função do tamanho do ambiente e da incidência do sol neste local, se é sol da manhã ou sol da tarde.

Esta capacidade é medida em BTU (British Thermal Unit – Unidade Térmica Britânica), uma unidade de energia muito utilizada no Reino Unido e no EUA. Para verificar a capacidade observe a tabela a seguir:

TABELA DE AR CONDICIONADO

2 – Instalação Elétrica:

dicas para instalação de ar condicionadoÉ importante observar qual a tensão que o equipamento precisa para operar e qual a tensão disponível em sua residência. Caso a alimentação tenha tesão que o equipamento necessita, 127 ou 220v, tudo bem.

Agora em algumas situações você vai precisar de um transformador de potência. Muito comum em edificações mais antigas, onde só existe a disponibilidade de 127v.

3 – Local de instalação da evaporadora:

A instalação da evaporadora (equipamento interno), deve ser escolhido com cuidado. É indicado que o fluxo de ar seja paralelo à maior dimensão do ambiente.

Além disso, você deve evitar instalar a evaporador longe de fontes de calor e equipamentos eletrônicos, por causa do risco de falha na drenagem e começar a pingar água sobre os equipamentos.

É claro que você também não deve instalar o equipamento atrás de móveis, cortinas ou próximo a qualquer objeto que impeça o fluxo de ar.

4 – Local da instalação da condensadora:

Para instalar a condensadora (equipamento externo), você deve levar em consideração a posição da evaporadora, com intuito de racionalizar a utilização e tubos.

Outra dica é colocar a condensadora em local com a menor incidência de sol possível. Coloque em um local de boa ventilação, evite becos, corredores e garagens.

5 – Drenagem da água:

A drenagem da água é outro cuidado essencial. O processo de drenagem é por gravidade, por isso, você deve evitar os seguintes problemas:

  • Inclinação contrária à saída;
  • Saída da drenagem em baldes ou recipientes inadequados;
  • Curva próxima à saída da drenagem.

Caso não seja possível eliminar a água por gravidade é interessante instalar uma pequena bomba. Falhas no sistema de drenagem poderão acarretar em goteiras no interior do ambiente e infiltração nas paredes onde existir tubulação.

6 – Materiais necessários:

Além de todos as ferramentas necessárias para qualquer tipo de instalação, você vai precisar de materiais que são específicos para este fim. Os principais materiais são:

  • Tubulação Frigorífica: são tubos em cobre ou alumínio, com bitolas e espessuras conforme a capacidade do seu equipamento;
  • Tubulação para Instalação Elétrica: esta tubulação é dimensionada conforme a capacidade do equipamento e fiação necessária;
  • Tubulação de Drenagem: são tubos de PVC que se conectam à drenagem pluvial da residência.

Caso você possua um projeto de instalação é importante você seguir todas as indicações de como instalar estas tubulações. Quando o equipamento não for instalado com auxílio de projeto, você deverá tomar cuidado com a interferência em outras tubulações.

Além disso, a tubulação frigorífica possui um isolante térmico que não deve ser estrangulado ou permanecer exposto à luz do sol.

7 – Conexões da tubulação:

Outro cuidado a ser tomado é com a conexão das tubulações. Conexões mal feitas podem acarretar no mal rendimento do equipamento.

Não utilize veda roscas ou cola “super bonder” nas conexões metálicas. Para este tipo de conexão é indicado utilizar graxa.

8 – Mão de obra especializada:

Para garantir uma boa execução da instalação de ar condicionado vale a pena contar com mão de obra especializada. São diversos detalhes que um especialista conhece e que são necessários neste tipo de instalação.

Além disso, cada caso é um caso, o especialista poderá te orientar no melhor local para instalação de seu equipamento.

9 – Testes de vazamento:

Antes de colocar seu equipamento para funcionar, solicite um teste de vazamento. Estes testes devem ser feitos nas instalações por um especialista, com intuito de garantir que toda a instalação de ar condicionado foi realizada de forma adequada.

10 – Manutenção preventiva:

A última dica para você é manter seu equipamento sempre em manutenção. Leia o manual do equipamento e faça as manutenções preventivas indicadas. Além de aumentar o período de vida útil de toda a instalação, você garante um ar mais limpo para sua família ou local de trabalho.

Instalação de Ar Condicionado – Considerações finais

Como pode ver não existe mistério para a instalação de ar condicionado. Esteja atento à estas dicas e não deixe de contar com uma mão de obra especializada.

Ainda ficou com alguma dúvida ou quer colaborar com o conteúdo, deixe um comentário. Compartilhe com seus amigos este conteúdo, você pode ajudar alguém que está precisando.

Forte abraço.

 

Esse artigo foi útil para você?

Clique nas estrelas abaixo para avaliar!

Avaliação Média / 5. Total de votos:

Como você gostou deste artigo...

Siga-nos nas Redes Sociais!

mm

Eduardo Daldegan é formado em Engenharia Civil pela PUC-MG. É apaixonado por empreendedorismo e hoje trabalha em diversos projetos. É casado e seu maior empreendimento é a construção da sua família.

Você está sem conexão à internet