Estrutura Metálica

Escadas Metálicas: Como escolher a ideal para sua construção

A utilização da estrutura metálica nas construções brasileiras é cada vez maior. São inúmeros os benefícios que podem ser alcançados com a utilização do aço na construção convencional. Com as escadas não poderia ser diferente, está cada vez mais comum utilizar escadas metálicas em residências, edifícios comerciais, edifícios públicos e industriais.

Em muitos casos, é possível encontrar edificações construídas em concreto armado ou alvenaria estrutural, onde somente a escada é em estrutura metálica. Principalmente, quando a escada foge um pouco do convencional.

Entretanto, é importante saber escolher o modelo ideal para sua construção entre tantas opções de escadas metálicas. Você deve levar em conta o aspecto econômico, construtivo, estético e a segurança na hora da utilização.

Uma escada bem projetada e construída pode agregar um bom valor estético e de conforto para qualquer ambiente. Pois é um grande incômodo subir escadas mal dimensionadas, em especial se for dentro da sua casa.

Escrevi este artigo para te auxiliar a escolher entre as opções de escadas metálicas qual a ideal para você. Então confira as dicas a seguir.

Tipos de escadas metálicas

1 – Escadas convencionais ou retas:

como-escolher-escadas-metalicasA escada metálica convencional é a mais utilizada quando o objetivo é proporcionar acessibilidade, praticidade, rapidez, facilidade na construção e economia.

É a escada básica, com os degraus em chapa xadrez e perfis metálicos como vigas e apoios. Por ser uma escada simples é amplamente utilizada em diversos ambientes. Muitas vezes passa despercebida pelos usuários e é um modelo ideal para quem quer economia.

2 – Escada caracol:

A escada caracol é outro modelo de escada muito fabricado. O grande objetivo deste modelo é a economia de espaço.

Suas dimensões devem ser bem projetadas e compatíveis com o espaço disponível na obra. O seu tamanho deve ser sempre menor que o tamanho do vão, pelo menos 10 cm. Assim você garante que a pessoa tem um certo conforto para utilizar o corrimão.

Uma escada caracol mal dimensionada pode ser um grande desconforto para quem a utiliza. Problemas como dimensões muito pequenas ou com a vibração são comuns com este tipo de escada.

3 – Escada helicoidal:

As escadas metálicas helicoidais são uma verdadeira obra de arte. É certo que não são o modelo mais econômico, mas com certeza podem ser uma obra prima dentro da sua construção.

A sua forma pode ser muito variada, conforme a disponibilidade do espaço e a criatividade do projetista. Além da sua forma, outra boa opção é combinar materiais e revestimentos, como por exemplo, madeira, vidro e aço inox.

Este tipo de escada pode conferir à edificação um aspecto moderno e luxuoso. É ideal para quem não quer se preocupar muito com a economia e sim com a valorização do ambiente.

4 – Escada espinha de peixe:

A escada espinha de peixe é outra boa opção para quem quer valorizar o ambiente.

É o modelo onde os degraus são fixados em um único apoio central, geralmente um perfil caixão. Os degraus podem ser metálicos ou revestidos com madeira ou outro material.

Um cuidado importante com este tipo de escada é a fixação correta dos degraus, afim de garantir o conforto e segurança na utilização.

5 – Escada flutuante:

A escada metálica flutuante é outra excelente opção para quem quer explorar a parte estética dos elementos construtivos.

Esta escada é composta de um único apoio, que geralmente é uma viga embutida na parede. Os degraus são fixados em uma das extremidades à viga de apoio. Quando o acabamento na parede é finalizado não é possível visualizar a viga metálica, o que dá uma impressão de que os degraus estão flutuando.

É possível explorar ao máximo este tipo de escada com a combinação de materiais construtivos diferentes ou com um bom revestimento dos degraus metálicos.

Cuidados importantes

1 – Faça um bom projeto:

Antes de construir a sua escada não deixe de consultar um profissional capacitado. É importante que os degraus e espelhos sejam dimensionados de maneira correta para que a utilização da escada seja confortável.

Além disso, um bom profissional poderá te indicar a solução ideal para o espaço que você tem. Caso você esteja na fase de projetos ainda, não deixe de mencionar o seu desejo de contar com este tipo de escada na sua construção.

Um bom projeto pode te livrar de imprevistos e ainda economizar com os perfis metálicos.

2 – Pense nos futuros usuários:

É importante que você escolha uma escada adequada para os futuros usuários. É certo que todos os tipos de escadas metálicas possuem a segurança adequada para sua utilização.

Entretanto, alguns modelos transmitem maior segurança para os usuários. Pense nisso quando os usuários forem idosos ou crianças. A sensibilidade a altura e vibração é muito maior para determinadas pessoas.

3 – Tome cuidado com as ligações:

Um ponto importante é a ligação da escada metálica com o restante da estrutura de concreto ou alvenaria estrutural.

É importante que seja projetado uma fixação adequada para os apoios da escada, de modo que a escada tenha um bom funcionamento estrutural.

4 – Proteja a sua escada:

Escada metálicas são sensíveis à corrosão. Desta forma é importante fazer uma proteção anticorrosiva na sua escada. Assim você garante um longo período de vida útil para a sua escada metálica.

Em locais próximos ao mar este cuidado é ainda mais essencial. Converse com um especialista para redobrar os cuidados com este detalhe.

5 – Contrate uma boa serralheria:

O último cuidado importante é contar com uma mão de obra qualificada. Ou seja, não deixe de contratar uma boa serralheria para a fabricação das peças metálicas e montagem na obra.

Para aferir a experiência da serralheria o melhor a fazer é visitar obras já realizadas e conversar com antigos clientes.

Considerações Finais

Agora você já está mais do que preparado para escolher a sua escada. Lembre-se das várias vantagens que as escadas metálicas podem trazer para sua obra, como economia, rapidez, beleza e segurança.

Não deixe esta opção de lado, vale sempre a pena avaliar a viabilidade da estrutura metálica para sua obra.

Caso queira contribuir com o conteúdo ou tirar alguma dúvida é só deixar nos comentários.

Compartilhe este artigo com seus amigos, você pode ajudar outras pessoas, é só clicar na rede social de sua preferência.

Forte abraço.

Esse artigo foi útil para você?

Clique nas estrelas abaixo para avaliar!

Avaliação Média / 5. Total de votos:

Como você gostou deste artigo...

Siga-nos nas Redes Sociais!

mm

Eduardo Daldegan é formado em Engenharia Civil pela PUC-MG. É apaixonado por empreendedorismo e hoje trabalha em diversos projetos. É casado e seu maior empreendimento é a construção da sua família.

Você está sem conexão à internet