Concreto Armado

Concreto Projetado: Conheça as principais características

4
(4)

O concreto projetado é utilizado no Brasil desde a década de 60. É uma excelente opção na viabilização de construção de túneis, estabilização de encostas e reforço estrutural.

A aplicação do concreto consiste na projeção do material na superfície de aplicação com auxílio de um mangote de alta pressão. A mistura é conduzida pelo mangote até um bico projetor e projetada pela ação do ar comprimido.

O material lançado adere à superfície devido à força do impacto. Uma das desvantagens do processo é a perda de concreto durante o lançamento, pois parte do concreto pode não aderir à superfície.

O produto final do concreto projetado é um concreto bem compactado e com grande resistência. Uma das vantagens econômicas deste processo é a não utilização de formas para o concreto.

Apesar de possuir um processo executivo simples, a sua utilização deve ser feita com a coordenação de profissionais habilitados e capacitados. Erros na aplicação podem comprometer a viabilidade econômica e a qualidade final da parede de concreto formada.

Tipos de concreto projetado

Existem basicamente dois tipos de concreto projetado e essa diferenciação se refere à aplicação do material.

O concreto pode ser projetado por via úmida ou via seca. No Brasil é mais comum a utilização do processo por via seca. Confira a seguir mais detalhes de cada tipo de aplicação.

1 – Aplicação do concreto por via seca

dicas sobre concreto projetadoO processo de aplicação do concreto por via seca é consiste na mistura do cimento com agregados. Esta mistura é conduzida até o bico projetor e neste bico existe uma entrada de água controlada pelo operador.

Ou seja, a mistura de cimento e agregado só entra em contato com a água no momento do lançamento. Já existe uma técnica intermediária, onde a mistura recebe um pouco de água ainda dentro do mangote.

Um dos pontos negativos deste processo é que o concreto pode apresentar grande variabilidade do consumo de água, visto que a água é controlada manualmente por um operador no momento do lançamento.

Outros pontos negativos deste processo são:

  • O maior consumo de ar comprimido, ou seja, maior esforço do compressor;
  • Maior perda de material que não impregna na superfície de aplicação;
  • Maior geração de poeira;
  • Maior perda de agregado no momento do lançamento, o que produz variação no traço do concreto;
  • O desempenho do concreto pode ser alterado pela umidade da areia;
  • Gera ambientes insalubres durante a execução do trabalho.

Entretanto, o concreto projetado por via seca também possui grandes vantagens, como:

  • Custo reduzido quando comparada à via úmida;
  • Fácil operação dos equipamentos;
  • Alcança grandes resistências devido o baixo fator água/cimento;
  • Material mais compactado à superfície;
  • Pode ser ajustável às diversas condições da superfície de aplicação, inclusive na presença de água.

Um dos detalhes mais importantes para este tipo de aplicação é que a qualidade do concreto final depende muito da qualidade da mão de obra que está conduzindo o equipamento e ajustando a quantidade de água que vai para a mistura no bico projetor.

2 – Aplicação do concreto por via úmida

O outro tipo de concreto projetado é o aplicado por via úmida. Neste tipo de aplicação o concreto é preparado antes da projeção, ou seja, no momento do lançamento a água já foi adicionada à mistura.

Uma das principais vantagens deste processo de lançamento é que é possível garantir um traço adequado do concreto. A quantidade de água na mistura não dependerá da habilidade do operador em manusear os equipamentos.

Os principais pontos negativos deste tipo de aplicação são:

  • Dificuldade em obter grandes resistência devido o fator água cimento ser alto na mistura;
  • O concreto é menos compactado, devido o fator água cimento alto;
  • Quanto aplicado em uma superfície com presença de água, possui maior dificuldade no controle de qualidade do material;
  • Pode produzir grande de material caso seja necessário a interrupção dos serviços.

Apesar dos pontos negativos, a projeção por via úmida também pode garantir diversos benefícios:

  • Menor desgaste dos equipamentos utilizados;
  • Menor consumo de ar comprimido;
  • Menor perda de material durante o lançamento;
  • Baixa perda de agregados e melhor homogeneidade da mistura;
  • Não produz poeira.

Locais de aplicação

É certo que cada tipo de lançamento é indicado para determinado tipo de obra, com características próprias e tecnologias disponíveis na região.

O concreto projetado pode ser utilizado em diversas situações, as mais comuns são:

  • Reforço estrutural;
  • Paredes de canais e galerias;
  • Contenção e estabilização de taludes;
  • Revestimento de túneis;
  • Revestimento de encostas;
  • Construção de piscinas e reservatórios;
  • Construção de barragens.

A sua utilização é condicionada à presença de responsáveis técnicos pela execução da obra, estes responsáveis são em sua maioria engenheiros civis.

Por ser um serviço especializado é muitas vezes executado por empresas terceirizadas. Quando a terceirização não acontece é possível alugar equipamentos para a execução do serviço, como o mangote e o compressor de ar.

Características e cuidados importantes

Este tipo de concreto possui um consumo de cimento que varia conforme a necessidade de resistência e a via de projeção, se úmida ou seca. Geralmente o consumo de cimento está entre 350 a 500 kg de cimento por metro cúbico de concreto.

Como o material é conduzido em alta pressão por meio de um mangote, o agregado graúdo utilizado na mistura é a brita 0.

É muito comum adotar um aditivo de acelerador de pega no concreto projetado. Além disso, é comum utilizar fibras para concreto no meio da mistura. Muitas vezes, estas fibras podem substituir até mesmo as armaduras convencionais.

Quanto ao tipo de cimento não existe nenhuma restrição em sua utilização. Você pode escolher o cimento conforme o tipo de obra, custo e disponibilidade na região.

Vale ressaltar que é importante e obrigatório a realização do controle tecnológico do concreto utilizado. Já existem no Brasil normas específicas para este fim.

Outro ponto importante é que este tipo de concreto exige os mesmos cuidados com a cura, quanto o concreto convencional.

Finalizando

Como pode ver a utilização do concreto projetado é simples, mas existem cuidados importantes durante a sua execução e na escolha da melhor via para sua aplicação.

O concreto projetado é muito utilizado combinado com outras soluções, como revestimento para o solo grampeado. Sua utilização deve ser feita com orientação de profissional capacitado e projeto adequado para este fim.

Espero que tenha gostado do conteúdo. Caso queira contribuir com alguma dica ou tirar alguma dúvida é só deixar nos comentários.

Compartilhe este artigo com seus amigos, você pode ajudar outras pessoas, é só clicar na rede social de sua preferência.

Até mais e boa obra!

Esse artigo foi útil para você?

Clique nas estrelas abaixo para avaliar!

Avaliação Média 4 / 5. Total de votos: 4

Este artigo ainda não foi avaliado. Seja o primeiro a avaliar!

Como você gostou deste artigo...

Siga-nos nas Redes Sociais!

mm

Eduardo Daldegan é formado em Engenharia Civil pela PUC-MG. É apaixonado por empreendedorismo e hoje trabalha em diversos projetos. É casado e seu maior empreendimento é a construção da sua família.

Você está sem conexão à internet